• Acidentes de trânsito são a principal causa de morte em crianças de até 14 anos no Brasil. Segundo dados do Ministério da Saúde, todo ano acontecem cerca de 5 mil mortes e 120 mil hospitalizações.

    É neste contexto que o uso da cadeirinha de segurança torna-se essencial e, mais do que uma obrigação, é um ato de amor e cuidado.



    Diferentes tipos de legislação aplicam-se no mundo quando o assunto é segurança infantil nos automóveis. Todos os fabricantes de cadeiras auto no mundo devem cumprir critérios de fabricação, além de normas de qualidade e segurança.

    Todas as cadeirinhas comercializadas no Brasil devem, obrigatoriamente, apresentar um selo de conformidade do INMETRO, comprovando que passaram por todo o processo de certificação e testes previstos nas Normas vigentes, estando assim seguras para o transporte da criança no automóvel.

    No Brasil o uso da cadeirinha é exigido por lei desde o nascimento até os 7 anos e meio de idade – Resolução CONTRAN nº 277 de 28/05/2008 – no entanto quanto mais tempo seu filho utilizar uma cadeira auto, por mais tempo ele estará protegido, desde que esteja em um produto adequado para sua altura. É bom lembrarmos que na maioria dos países Europeus o uso da cadeirinha é exigido para crianças até os 10 anos de idade.

    Mais do que uma obrigação, o uso da cadeirinha é um ato de amor e cuidado com seu filho.